Avaliação multidisciplinar
  • Neurológica

  • Neuropsicológica

  • Psiquiátrica

  • EEG

  • Ressonância

  • Reabilitação

  • Irmãos

dúvidas frequentes

Qualquer pessoa com epilepsia pode participar?

Neste primeiro momento, apenas pacientes ​com dois tipos de epilepsias benignas: Epilepsia Rolândica (Epilepsia Benigna da Infância com Paroxismos Centrotemporais) ou Epilepsia Mioclônica Juvenil.

 

Quanto tempo demora para realizar toda a avaliação?

Para a avaliação completa de pacientes com Epilepsia Mioclônica Juvenil ou Epilepsia Rolândica (Epilepsia Benigna da Infância com Paroxismos Centrotemporais) são necessários aproximadamente três sessões.

Eu receberei algum resultado?

Ao final da avaliação o voluntário receberá um relatório com todos os dados de sua avaliação médica e neuropsicológica e será durante uma devolutiva com os profissionais pela avaliação.

 

Meus dados serão divulgados?

A identidade dos voluntários é sigilosa, os resultados numéricos (cada pessoa receberá uma identificação através de números para que não possa ser reconhecida) serão utilizados para análises estatísticas e publicações científicas sem qualquer dado que possibilite a indetificação de pacientes e voluntários.

 

 

Qual o benefício para os demais pacientes com epilepsia?

As pesquisas científicas em saúde são fundamentais para a melhoria nos serviços de cuidados dos pacientes com epilepsias benignas Epilepsia Rolândica (Epilepsia Benigna da Infância com Paroxismos Centrotemporais) e Epilepsia Mioclônica Juvenil. 

 

 

Por que outros profissionais de saúde estão no grupo?

Estudos mais recentes mostram dificuldades de aprendizagem ou tendência a depressão ou ansiedade em alguns tipos de epilepsia. Os neuropsicólogos, fonoaudiólogos e psiquiatras estão treinados para diagnosticar esses problemas.

 

Crianças

Estudo sobre aprendizagem e atenção na epilepsia rolândica

Go to link