sobre

O Grupo de Estudos e Pesquisa em Epilepsia do IPq HC FM USP é formado por clínicos e pesquisadores que buscam aprimorar o conhecimento sobre os diversos aspectos das epilepsias - genético, psicológico, neurológico, funcional, cognitivo. Atualmente o grupo está pesquisando a Epilepsia Rolândica (Epilepsia da Infância com Paroxismos Centrotemporais), Epilepsia Mioclônica Juvenil e Epilepsia do Lobo Temporal.

Os resultados das pesquisas ajudam a melhorar o tratamento das pessoas com epilepsia.

pesquisas
Você pode

contribuir para  a pesquisa 

em epilepsia benigna

 

Descubra como >

no mundo
porque estudar

As epilepsias geneticamente determinadas, previamente conhecidas como epilepsias benignas, são formas de epilepsia farmacorresponsivas, ou seja, que respondem bem aos fármacos antiepilépticos e que ocorrem em indivíduos -  adultos, adolescentes e crianças – sem outras doenças crônicas e com bom desempenho escolar e no trabalho.

Entretanto, a partir de década de 80, vários déficits ou dificuldades começaram a ser relatados pelos pais, professores, familiares e pelos próprios pacientes. Dois tipos de epilepsia benigna ou síndrome epiléptica tem chamado a atenção pela presença destas características – a Epilepsia Rolândica (Epilepsia Benigna da Infância com Paroxismos Centrotemporais) e a Epilepsia Mioclônica Juvenil.

 

Clique aqui para ler mais sobre as epilepsias benignas >

 

A Organização Mundial de Saúde (World Health Organization-WHO) lançou uma campanha global contra a epilepsia. São mais 50 milhões de pessoas efetadas em todo o mundo. Saiba mais:

 

Ir para a Página WHO (em inglês)>

Ver Infográfico (em inglês) >

Assistir ao Vídeo (em inglês)